Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

anagoncalvesreikivivernaluz

Prestamos serviços, formação e voluntariado em : Reiki, karuna, Cristaloterapia, Meditação, Terapia de regressão, Psicologia Clínica, Acupunctura,Reflexologia, Osteopatia, Homeopatia, Naturopatia...

anagoncalvesreikivivernaluz

Prestamos serviços, formação e voluntariado em : Reiki, karuna, Cristaloterapia, Meditação, Terapia de regressão, Psicologia Clínica, Acupunctura,Reflexologia, Osteopatia, Homeopatia, Naturopatia...

Como atua o reiki

Actua

Reiki é uma expressão japonesa, composta por dois kanji (caracteres japonês). Na língua japonesa pronuncia-se leiki, mas no ocidente diz-se RRReiki. O primeiro kanji (REI) significa Energia Universal, do Universo, Cósmica, isto é, a energia inesgotável da Fonte que cria, sustenta e envolve todo o Universo.

O segundo kanji (KI), significa Energia Vital, ou seja energia de vida dentro de cada ser. Em algumas culturas ou religiões define-se como Espírito de Vida.

Sendo assim, Reiki significa Energia Vital do Universo ou, como preferimos definir, “A Energia Cósmica do Universo conectada à Energia Vital Individual.

Definimos o significado dos ideogramas japoneses que traduzidos significam Reiki, contudo, definir Reiki não é tarefa fácil. O Reiki é:

Transformação, Regeneração

Harmonia

Amor

Luz e iluminação

Felicidade

Compaixão

Unidade

Só mesmo desfrutando o Reiki é que podemos tirar as conclusões do seu poder e significado, no entanto, mesmo assim, terá sempre dificuldade em o expressar e explicar por palavras.

Uma sessão de Reiki consiste, simplesmente, na colocação ou aproximação das mãos sobre o corpo de outro ser vivo ou sobre nós próprios. Em geral, o paciente tem uma forte sensação de calor na área que estiver a ser tratada. Contudo, também pode sentir frio. Tudo depende do efeito que a energia tiver que produzir para curar ou harmonizar o paciente. De facto, são inúmeras as sensações que pode ter um paciente, bem como igualmente inúmeras poderão ser as sensações obtidas e detectadas pelo terapeuta.

A grande diferença entre Reiki e outras formas de tratamento energético é que, mesmo que um terapeuta esteja horas a canalizar Reiki para determinado objecto, e aqui referimos objecto como sendo um ou um grupo de pessoas, animais, plantas, situações, planeta, cosmos, etc., jamais se sentirá esgotado da sua própria energia, porque apenas serve de canal condutor da energia. Ainda beneficiará, porque ao canalizar a energia, uma percentagem da mesma é absorvida pelo terapeuta. Esta energia que o terapeuta recebe, fortifica-o e protege-o contra eventuais contágios energéticos vindo de objectos em desarmonia.

O Reiki vai actuar ao nível físico, mental, emocional e espiritual da pessoa tratada. Muitos dos desequilíbrios ou mesmo enfermidades ao nível físico são uma manifestação somática de desarmonia ao nível emocional, mental ou espiritual. O Reiki vai actuar na causa desse desequilíbrio e, ao harmonizar todo o campo energético, as manifestações somáticas tendem a desaparecer.

As sensações sentidas pelo terapeuta e/ou pelo paciente, que estejam com atenção e intenção durante a canalização de Reiki, poderão ser descritas como similares aquelas que os místicos ou a Bíblia definem como sentindo O Poder de Deus. Em outras culturas aplicam-se outras expressões, mas as descrições são muito similares. Por exemplo, algumas religiões Cristãs definem Reiki como sendo a Energia ou o Poder do Espírito Santo. Nós preferimos dizer que o Reiki é a Energia, Poder ou Força da Fonte do Amor Incondicional. Desta maneira, demarca-se de qualquer conotação religiosa. Todavia, a prática de Reiki não é em si mesmo uma nova religião, pelo que qualquer pessoa de qualquer idade, de qualquer confissão religiosa, em qualquer momento da sua vida pode iniciar-se no Reiki sem abdicar das suas crenças.

Reiki é Amor Incondicional e este amor deve estar presente em qualquer ser humano, independentemente da sua cor, raça, das suas convicções religiosas, filosóficas ou políticas.

Mesmo o próprio Usui não compreendeu como funcionava o reiki e ainda hoje existem muitas incertezas e igual número de teorias, mas uma certeza todos têm que funciona e muito bem!

Muitos estudos científicos foram já conduzidos em hospitais e fora deles, provando isso mesmo. Em muitos hospitais na Europa e na América o reiki já faz parte dos tratamentos complementares.

Na sintonização, o Mestre de reiki abre, limpa e alarga os canais de energia do aluno, através da sua própria compreensão da energia, causando uma intensificação do fluxo energético no iniciado, o que lhe possibilita a passagem da energia vital cósmica para outros sem perda da sua energia pessoal. Esta é uma das diferenças em relação a outros métodos de cura. Para ajudar o aluno, foi posteriormente desenvolvido um trabalho sobre as posições das mãos para transmitir a energia, ligadas às posições dos chakras principais.

Usui defendia sempre que o estudante deveria praticar para desenvolver o reiki e a sua própria capacidade de sentir onde por as mãos. Aqui vemos a diferença entre a atitude intuitiva Japonesa e a atitude analítica-mental ocidental em relação á cura. Também os símbolos de reiki (ensinados no nível II e III) constituíram para ele ferramentas de aprendizagem, úteis apenas até o estudante desenvolver a sua própria intuição e capacidade para seguir e guiar a energia. Devido á sua estrutura, em que funcionamos como canal de energia, e ela está a transbordar em nós, não é possível apanhar energias menos boas (negativas) do outro com este método, pelo contrario, vai curar-se a si próprio enquanto dá reiki, possibilitando a sua utilização por qualquer pessoa que queira.

1 comentário

Comentar post